Xico Sá

Modos de macho, modinhas de fêmea & outros chabadabadás

Perfil Xico Sá é escritor, jornalista e colunista da Folha

Perfil completo

Saiba quando um homem quer uma mulher

Por xicosa
18/02/14 01:34

sonhos-de-um-sedutor-1

Saiba quando um homem está a fim de uma mulher e/ou O impressionante Homem-Monet

Quando um homem está a fim de uma mulher ele esquece as convicçõezinhas que lhe são mais caras. Pelo menos por um tempo. É justo.

Ele muda, se transforma, vira uma espécie de Monga do amor e do sexo. Jogo de espelhos.

Ele te leva em um restaurante japonês mesmo odiando um restaurante em que a comida vem crua e o guardanapo pegando fogo –atribuem esta definição da culinária oriental ao Veríssimo, pode ser, duvido, digo, não lembro, o genial LFV é a maior vítima da autoria troncha na Internet.

Quando um homem quer mesmo ele perde até o jogo do seu time, embora fique ligado no rádio do porteiro e indo ao banheiro para checar o resultado. Mas já é um puto ganho e tanto.

Quando um homem está na fissura, mesmo sendo um macho-jurubeba, ele começa a ajeitar seu mocó de homem solteiro. Ele compra pelo menos duas tacinhas fuleiras para o casal beber junto. Logo ele, um tosco que até então apenas reutilizava copos de requeijão Poços de Caldas e de geleia de mocotó Colombo.

Quando um homem quer agradar para ficar junto, ele vira um Uri Geller ao contrário, aquele mágico do “Fantástico’ das antigas. O cara dá um jeito nos seus talheres tortos e ajambrados.

Quando te quer mesmo, amiga, ele faz até uma faxina, porcamente, tudo para debaixo da cama ou da geladeira. Haja bom-ar no conjugadinho de Copacabana, haja Pinho Sol no banheiro da kitinete do Largo de Santa Cecília (SP), haja desinfetante naquele apezinho do edifício redondo, o Módulo, na Conda da Boa Vista, Recife.

A operação Pinho Sol é um clássico do homem quando ama ou está apaixonado, no mínimo, pela formosa dama.Diz muito.

Quando um homem acha que ama, mesmo sendo o mais sedentário do planeta, este homem vira o rei do pentatlo, nega.

Ele troca a picanha suculenta pela dieta de um spa no meio do mato no interior de São Paulo. Dieta de 600 calorias, limpeza de pele, detox completo, mesmo com uma cachacinha Dedo de Prosa escondida na moita. Maldita clandestinidade alcóolica.

Quando um homem acha ou está a fim, mesmo sendo um macho-jurubeba empedernido, ele cheira a rolha, sente o bouquet e vira um amante de um bom vinho imediatamente. É capaz de discorrer horas sobre o aroma amadeirado, vixe, taninos suaves, corra, Lola, corra, este é o pior tipo, como tenho dito desde priscas eras.

Quando um homem está a fim, seja para amar ou apenas uma transa, ele se transforma em um legítimo picareta. Vai ao Google diante de qualquer assunto que te pareça importante ou afetivo e é capaz de discorrer sobre o tema com a cara de pau de um especialista. Ele saca tudo de David Bowie, por exemplo, quando tu falas na exposição sobre o artista no MIS de São Paulo.

Mas quando o homem está querendo mesmo, não apenas te levar na cama, vai te parecer, muitas vezes, um leso, abestalhado, simplesmente por querer à vera e não conseguir ser tão esperto, não usar a picaretagem do marketing sexual e/ou amoroso.

Quando um homem está a fim, seja para que modalidade de relacionamento, ele nunca tem reunião fora de hora, mesmo que pertença aos partidos herdeiros da velha esquerda –“pra fazer revolução tem que ter reunião”, era o mantra.

Quando o caboclo está na tua não vira o pescoço na rua, te protege no lado de dentro da calçada, presta atenção no vestido novo, te aquece no ar condicionado criminoso e siberioso dos cinemas do Rio. Sim, também compra o ingresso com antecedência e pensa num lugar nada óbvio para te levar depois.

Quando um homem está a fim… ele impressiona. Pode ser fissura sexual, pode ser ilusão de ótica, pode ser começo de amor para valer etc. Quando um macho está a fim vira um verdadeiro homem-Monet, o impressionista-mor.

 

  • Comentários
  • Facebook

157 comentários feitos no blog

  1. Lou L. comentou em 22/02/14 at 22:49

    pra complementar o texto do amigo, fineza, ouvir `Tudo o que a gente faz nessa vida é pra ver se come alguém’, do igualmente amigo Paulão, do Velhas Virgens.

    • xicosa comentou em 23/02/14 at 12:18

      Sábia lição do Velhas.abrazo

  2. My comentou em 20/02/14 at 17:06

    Quando um homem tá afim ele se esforça e nem percebe. Ou melhor, até percebe mas todo esforço é um investimento né?

  3. Marina comentou em 19/02/14 at 16:16

    Ele limpa mal banheiro, fica fresco com comida, e gruda na mulher como se ela fosse um bibelô? Hm. Impressionante mesmo.

  4. Renata comentou em 19/02/14 at 16:04

    Que merda de texto hein?

    • xicosa comentou em 22/02/14 at 12:41

      é. pra vc é. simples assim.bjo

  5. stela masson comentou em 19/02/14 at 15:27

    Xico, sou sua fã há décadas. Adorei esse texto e tb os comentários dos leitores. Mas uma coisa eu não entendi: o q é macho jurubeba?
    abraço,

  6. Veridiana M. comentou em 19/02/14 at 14:32

    Ô Chico…tu me faz feliz!

  7. Valentina Piras comentou em 19/02/14 at 12:06

    Esse homem do texto, está apaixonado, amando, transformado, lutando pela “sua fêmea”. Ele se transforma num guerreiro, numa criatura sobre humana, com conhecimentos que nunca teve, iniciativas que não tomaria antes. Ele se esforça, se dedica e não desiste neste campo de batalha, cheio de outras criaturas dotadas de um falo possivelmente maior e mais imponente.

    Este homem pode vir enfim a conquistar sua musa, mas se esta for conquistada por tal cavalheiro, um dia descobrirá que o homem de seus sonhos não é o tal guerreiro, nem tão forte, nem tão imponente, nem tão magro, nem tão conhecedor de vinhos. Um dia este guerreiro será, novamente, o torcedor do Palmeiras, sentado em sua poltrona aos domingos, apreciando o jogo de futebol com cerveja e amendoim, como ele sempre apreciou.

    Por isso eu prefiro me apaixonar pelos homens de verdade e seus defeitos reais.
    Por isso, talvez, que eu veja graça em homem que não está apaixonado por mim. Porque nele eu encontro o verdadeiro valor do ser humano que ele é, e não o que ele acha que deve ser para me conquistar.

    Quero hoje o mesmo homem que estará ao meu lado daqui a 12 anos. Não quero 5 meses de um príncipe que nunca existiu.

    • carina comentou em 19/02/14 at 16:41

      gostei do seu comentário, Valentina. Acho que eu tb prefiro um homem real e não um que finja ter atitudes apenas para me impressionar. Bem, tá certo que fica mais difícil saber se ele está apaixonado… (rs)

    • joao paulo vicensio comentou em 19/02/14 at 20:45

      Adorei a resposta…acho q por isso sempre foi mto dificil me deslumbrar pela mulher maquiada e super bem vestida…o apaixonar sempre foi depois de conhecer a real…q chega em casa cansada, suada e descabelada do trabalho…fica só de calçinha no sofá assistindo tv…q de noite se aconchega nos meus braços prá espantar o frio e q de manhã…apesar do sono e do mal humor…me dá bom dia e me beija (longo, curto, com ou sem bafo) o q importa é a vontade…

    • Priscila comentou em 21/02/14 at 22:19

      O comentário de Valentina é melhor que o texto!!rs

      • xicosa comentou em 22/02/14 at 12:40

        concordo totalmente.bjo

  8. Flávio comentou em 19/02/14 at 7:08

    Xico, Ed. Módulo? Quáquáquáquá! Ainda bem que você não falou no Ed. Pirapama, na Conde da Boa Vista! Se você não foi lá, nem queira conhecer! rsrsrs

    Viva o Recife!

  9. Carlos comentou em 19/02/14 at 2:11

    Vocabulário ao estilo ” Google translator “

    • xicosa comentou em 19/02/14 at 8:15

      é so estudar um poquinho,amigo.abs

  10. sebastião comentou em 19/02/14 at 1:49

    esqueci de perguntar o mais importante: se eu mandar o texto vai me ajudar?
    Ela perceberá o quanto me esforcei?

  11. sebastião comentou em 19/02/14 at 1:45

    Prezado Sr. Francisco Sá,

    (enquanto escrevo estou severamente embriagado, não sem motivo)

    Minha senhora me dispensou hoje, às 17:32 desta terça-feira, 18 de fevereiro, do ano da graça do nosso senhor de dois mil e quatorze.

    Esses sete excertos desse teu genial texto, grosso modo, são 86,34% de nossa DR de tão nefasta conclusão. Promessas, esperanças, fracassos, etc, etc, etc.

    “ele esquece as convicçõezinhas que lhe são mais caras.”
    “Ele te leva em um restaurante japonês mesmo odiando um restaurante em que a comida vem crua”
    “Quando um homem quer mesmo ele perde até o jogo do seu time”
    “Quando um homem está na fissura, mesmo sendo um macho-jurubeba, ele começa a ajeitar seu mocó de homem solteiro”
    “A operação Pinho Sol é um clássico do homem quando ama ou está apaixonado, no mínimo, pela formosa dama.Diz muito.”
    “Quando um homem acha que ama, mesmo sendo o mais sedentário do planeta, este homem vira o rei do pentatlo”
    “clandestinidade alcóolica”

    Aí eu te pergunto ( citando o facínora Marcelo Rezende): o ser humano é uma constante? Nós é que somos prevísiveis e entediantes?
    Tu estavas nos investigando? És um gênio ( o que acho mais provável)?

    off: já leste Figuras da Violência, de Idelber Avelar?
    O prof. Avelar afirma que és o enfant terrible e um dos “intelectuais orgânicos” do mangue beat; concordas?

    • Célia Soares comentou em 19/02/14 at 12:24

      Aahaahahahahahhhahah!!!! Adorei o comentário!!! Vc é muito engraçado!!!

      • Sebastião comentou em 21/02/14 at 22:27

        Célia, que bom que gostasse, simpatia é quase amor! Estou solteiro agora!

    • Joyce Silva comentou em 19/02/14 at 13:21

      Sebastião, tá precisando de consolo ?

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Folha Shop