Xico Sá

Modos de macho, modinhas de fêmea & outros chabadabadás

Perfil Xico Sá é escritor, jornalista e colunista da Folha

Perfil completo

Autoajuda animal: como ser um bom marido

Por xicosa
18/09/12 12:44

Cena banal, banalíssima, mas que diz muito. Café do embarque, Congonhas.

O maridão, de certa forma até carinhoso, entrega a garrafa de água mineral para a mulher dele.

- Essa é com gás, desde quando eu gosto de água assim?

Lesado, aéreo, o cara fica meio sem resposta.

- Você está comigo há sete anos e não sabe ainda das minhas preferências – a mulher humilha o sujeito.

A cena, banal como esta crônica, mostra o desligamento do homem no varejão da rotina. O camarada é capaz de virar herói de guerra, menos de prestar atenção nos usos e costumes da sua fêmea.

Mulher odeia o desatento reincidente. Nem falo de notar que a princesa decepou as madeixas. É exigir demais. Até porque as meninas de hoje mexem muito na juba.

Uma mudança radical, quando a Lola pinta o cabelo de vermelho, por exemplo,  reparamos com uma certa facilidade.

O duro é quando ela exige que notemos uma rápida alteração no tom californiano das pontas, umas tímidas luzes, cruzes!

A fêmea e o mundo capilar é um assunto à parte. Retomemos a inocente garrafa de água com gás e suas circunstâncias.

Acompanhe este outro episódio:

Ela tem alergia a camarão e outros crustáceos. O lesado viaja com ela para São Miguel do Gostoso (RN) e é a primeira coisa que pede para os dois. Achando inclusive que vai fazer bonito, agradá-la.

Não seria nada demais se estivessem ainda se conhecendo. Acontece que eles estavam há mais de dez anos enrabichados sob o mesmo teto. Falha grave, amigo. Digo estavam porque a amiga alérgica decidiu, justamente neste momento, começar a pensar em separação.

O marido, que ainda não se recuperou do pé-na-bunda, ficou traumatizado. Não pode ver camarão pela frente. Adquiriu uma espécie de alergia sentimental incurável.

São casos banalíssimos que representam o descuido no dia-a-dia e no conjunto da obra. Repare que nem estamos falando na desatenção no sexo. Se liga, macho.

O exemplo para ser bom homem e agradar as mulheres, essa arte tão rica e misteriosa, está no reino animal.

Quase uma fábula de Esopo.

Repare nos três segredos da zoofilia fantástica: a atenção de uma coruja, o tesão do galo e a proteção de um cão-de-guarda.

Lembrando sempre destes três bichos e suas funções primordiais, você, meu amigo de fé, meu irmão camarada, seguramente será um novo homem.

  • Comentários
  • Facebook

120 comentários feitos no blog

  1. Augusto dos Anjos II comentou em 24/09/12 at 5:55

    Nós maridos somos igual brasas….se não ficarem cutucando a gente, apagamos…

  2. Lelê comentou em 22/09/12 at 23:41

    Sensacional…. amei.

    Agora, depois de tanto viver situações parecidas relatadas no texto, eu não creio mais na percepção visual dos homens para manifestações de gentileza, eles só despertam atenção movidos a conveniências…. desejos sexuais que lhe atribuem tesão.

  3. valéria bernardo comentou em 21/09/12 at 16:46

    Bem falado!!!

  4. Diogo Miloni comentou em 21/09/12 at 14:10

    Genial, Xico!

  5. Luiz Wagner comentou em 21/09/12 at 11:32

    Preparados (eu e ela) para sair, já na rua. Ela, com a cara mais fechada do que c… de bactéria, depois de um silêncio fúnebre, me pergunta:
    - E aí, tô bonita hoje? Me preparei e vc não falou nada… Vc não repara mais em mim…
    E eu respondi:
    - Tá bonita sim.
    Mas a vontade que eu tive foi de dizer
    - Você pode vestir-se da melhor maneira, mas com essa cara de mau humor, estará sempre horrível…
    Conclusão: Quer ser percebida? Sorria! Não adianta se preparar por fora, se por dentro estiver de mau humor. 90% da beleza de uma mulher está no sorriso e no olhar.

    • Lelê comentou em 22/09/12 at 23:45

      Então eu estou toda toda… com um sorriso doce e encantador & um olhar sedutor e fatal.

    • comentou em 24/09/12 at 21:50

      Sim, vc tem razão quanto aos 90% da beleza de uma mulher.

      Proponho porém, invertermos a sua lógica do “Quer ser percebida? Sorria!”. Que tal fazer justamente o contrário? Se você quer que sua mulher sorria, então passe a PERCEBÊ-LA!

      Jogar a responsabilidade pro outro é sempre mais fácil e não resolve nada.

  6. Yoko Okno comentou em 20/09/12 at 16:56

    I am really impressed with your writing skills and also with the layout on your blog. Is this a paid theme or did you modify it yourself? Anyway keep up the nice quality writing, it is rare to see a great blog like this one today

  7. Ma. Augusta M. G. de Araujo comentou em 20/09/12 at 13:51

    xico, mulher é um bicho louco mesmo, ninguém entende, ou o cara é desatento ou é babaca ou sabe-se lá o que ………..

  8. silver price comentou em 20/09/12 at 7:50

    patrícia,desculpa a baixaria aqui, hoje…(to me esborrachando de rir da bobagem que acabo de contar pro fouad e procês todos)…de qualquer forma, seja bem vinda.sim, sou mineiro, como você.sim, gosto de juntar palavras, e de partilhá-las, depois que termino meus franksteins.seja bem vinda.faça-se em casa.s ó te peço, como fazemos lá em minas, que “não repare a bagunça”.sou meio assim, digamos, desorganizado…rsbeijo procê!r.

  9. Balzaquiana comentou em 19/09/12 at 23:13

    Ai, Xico, cansei dessas mulheres chatas e desses homens camisolões!

    Faz pra gente uma crônica sobre a relação (ou amor) virtual, àquela sem culpa, sem reservas, mas cheia de entusiasmo, tesão, entrega e, táaaa… talvez com um tiquin de culpa (caso haja consortes em jogo, religião ou qualquer tipo de ‘peso’, sei lá…). Mas não enfatize as falhas desses cônjuges, as qualidades dos (as) amantes) são mais interessantes. Beijo (daqueles)!!!

    • Luis Santos comentou em 20/09/12 at 10:17

      Balzaquiana, você foi perfeita, e bem diferente de outras que comentaram, que insistem nessa divisão e tipificação dos sexos.

  10. Guilherrme Mattos comentou em 19/09/12 at 21:17

    Tudo certo na história, exceto que a referência à tesão do galo deve ser atribuída mais às dimensões de seu harén que deve ser entre 10 a 15 galinhas, do que a seu atributos fisicos. Tivesse ele apenas uma ‘esposa’ como ocorre conosco e o bicho seria mais lembrado como um ‘galinha morta’ do que como referência de tesão.

    • Balzaquiana comentou em 19/09/12 at 22:54

      rsrsrs… dei risada aqui, com seu comentário!

  11. Andrea comentou em 19/09/12 at 15:45

    Xico,
    ótimo post, comos empre!
    Os homens, às vezes, escorregam demais e são desatentos. Mas vou te contar uma coisa: é praticamente impossível satisfazer uma mulher. Ela sempre vai achar um motivo para reclamar de algo: se o homem é desatento,é porque não gosta mais dela. Se dá muita atenção, é grude! Somos insatisfeitas por natureza! Acabei de escrever sobre isto no meu blog Atitude 40: Mulheres reclamam demais? http://www.atitudequarenta.com/2012/09/mulheres-reclamam-demais.html

    • Luis Santos comentou em 19/09/12 at 18:01

      Andrea, muito bacana seu post e blog. Já estou te seguindo e divulgando.

      • Andrea comentou em 20/09/12 at 15:43

        Oi Luis,
        obrigada pelo retorno. Continue acompanhando a crise dos 40. Rsss.

  12. Maria Salete comentou em 19/09/12 at 12:47

    Xico,

    Na boa, mulher é um bicho chato demais, eu prefiro que os homens prestem atenção nas minhas qualidades humanas e intelectuais. Da minha água, unhas, cabelo, roupas etc., cuido eu. E essa eterna carência hein? Essa eterna necessidade de elogio? Deviam ir era pro divã do analista, isso sim!! Ser mulher e feminina é isso? Engraçado que ficam nesse mimi com coisas menos importantes e abrem mão de questões muito mais sérias e que dizem respeito à sua própria condição de mulher para estarem em uma relação, é o que tenho visto. E quanto aos meus queridos homens, tenho uma tese, que claro comporta exceções, mulher que não tem esse tipo de comportamento, que é bacana, ou melhor dito: que não enche a paciência dos senhores, fica sozinha!!

    • Andrea comentou em 19/09/12 at 15:45

      Maria Salete, acabei de escrever sobre o tema no meu blog. Mulheres reclamam demais? http://www.atitudequarenta.com/2012/09/mulheres-reclamam-demais.html

      • Maria Salete comentou em 19/09/12 at 18:04

        Andrea,

        Obrigada. Legal o seu texto. Eu reclamo, mas minhas reclamações são de outra natureza, de ordem política e social , por exemplo. Agora, discordo que reclamar está no nosso DNA, acho que culturalmente nos colocaram neste lugar e cabe a nós questioná-lo e mudar de atitude.
        Abraços

        PS. ademais, sempre penso que antes do gênero vem o ser humano, e nenhum ser humano, seja mulher ou homem, suporta ou merece aporrinhação todo o tempo! rs

  13. Marko comentou em 19/09/12 at 11:25

    Vale pros 2
    A diferença, qdo é por parte delas, é q é proposital rs
    “Ah, eu vou mudar até os genes desse cabra… Ô se vou, ou num me chamu mulé” /

  14. vanessa comentou em 19/09/12 at 10:48

    kkkk essa foi demais …… adorei

  15. Sílvia comentou em 19/09/12 at 10:42

    O “Lesado” marido, deveria ter retornado a patada da fêmea: Pois é amor, errei feio, achei que era gás e esperei você usar um isqueiro, pra ver vc explodir.

    • Sandra comentou em 19/09/12 at 12:47

      kkkk ótima!!!!

  16. comentou em 19/09/12 at 10:37

    Se o homem faz tudo do jeito que elas querem e reparar em tudo e for todo certinho ele será o corno da vez , pois ela ja terá conquistado tudo e ele será descartável .

Publicidade
Publicidade

Folha Shop